Archive | May, 2009

Ultima Cheetah de Maio

28 May

Imperdível galera!
Esse domingo a macaca traz o Faroff, rei dos mash ups , diretamente de Brasilia.maio_mail_06

Dancing Cheetah – Marcelinho da Lua

21 May

dancing cheetah_da lua
Marcelinho da Lua é um dos mais queridos Djs e produtores cariocas. Ícone do drum & bass nacional, seja em seus discos solo, sets explosivos de ragga jungle e incursões a música Brasileira, tanto no BossaCucaNova quanto em remixes, Da Lua também apaixonado pela música latina e caribenha. Dono de técnica invejável, espere por mixagens perfeitas e grande alegria, suas marcas registradas.

Mande seu nome pro dancingcheetah09@gmail.com e entre de graça até as 21:30!

Comfusões – from Angola to Brasil

20 May

comfusões

Muito interessante esse disco que acabou de sair, o Comfusões. Projeto do Maurício Pacheco (Stereo Maracanã) com lançamento pela Out/Here, da Alemanha, Comfusões reúne o melhor do pop angolano dos anos 60 e 70 remixado por alguns dos mais renomados produtores Brasileiros, como Mario Caldato, Berna & Kassin, DJ Dolores e Rica Amabis.

Maurício, que vem viajando para Angola desde 2000, obteve acesso aos arquivos da Rádio Nacional Angolana e selecionou belos trabalhos Artur Nunes, Teto Lando, Bonga e outros artistas locais.

Hoje muito associada ao Kuduro, é legal ouvir outras sonoridades da Angola, nesse caso re-interpretadas por brasileiros. Uma prova real que podemos dividir muito mais com nossos irmãos angolanos (e moçambicanos, cabo-verdeanos…) do que apenas a língua.

Bonga – Kapakiao (Kassin e Berna Ceppas rmx)

Kuduro – Fogo no Museke

19 May

cartaz_kuduro

Muito bacana esse documentário sobre Kuduro chamado Fogo no Museke. A Cheetah ainda não tinha postado nada sobre o gênero angolano no blog, portanto a redenção vem com esse belo registro audiovisual, dirigido por Jorge Antônio, além de um brinde, no final.

Um toque importante: quem deu o caminho das pedras pra Cheetah sobre este doc. foi o alemão Wolfram Lange, do SoundGoods, uma excelente fonte de informações pra quem quer conhecer mais sobre o global guettotech. Wolf mora no Brasil há 5 anos é muito sangue bom.

Segue os dois primeiros rips de 1o minutos. As outras 4 partes você acha fácil no YouTube.

O brinde é um kuduro bem diferente, pelo menos em seu refrão. Ouve só.

Familia Agre – Sai do caminho

Omar Souleyman

16 May

omar_souleyman

Omar Souleyman é um dos artistas mais famosos da Síria, lenda viva que já gravou mais de (!) 500 fitas cassete (!!) com seu folk mântrico-elétrico repleto de cordas e forte percussão.

Com o mundo aberto à sonoridades outrora escondidas, Omar esse ano faz sua primeira tour na Inglaterra além de tocar em junho no Sónar, na Espanha. Na Cheetah, nem precisa falar, Omar é presença garantida!

Omar Souleyman – Alkhatiba Zaffouha

Outra boa dica da Cheetah é conferir o Sublime Frequencies, label responsável pelas pepitas do Omar Souleyman e de coletâneas excelentes. Alguns focos:  música do norte do Vietnã, sudeste do Laos, pop da Tailândia, folk de Myanmar, música do Saara Ocidental e por aí vaí!

Lucas Santtana!

13 May

dancingcheetah_lucas santtana

lucas santtana

Um dos mais talentosos músicos da nova geração de artistas brasileiros, o baiano-carioca Lucas Santtana também é um DJ de mão cheia. Prestes a lançar seu quarto disco, uma nova, experimental e ousada expansão do formato voz e violão, Lucas Santtana vai mostrar na Dancing Cheetah sua pesquisa musical envolvendo ritmos jamaicanos, africanos e latinos. A discotecagem de Lucas Santtana na Dancing Cheetah comemora também os 3 anos do site Diginois, espaço de divulgação do artista repleto de textos sobre tecnologias digitais, open business e boa música.

O jornalista Fabiano Moreira, do Agemda, fez um super post sobre a próxima Dancing Cheetah, que neste domingo recebe o músico e DJ Lucas Santtana. A pedido do blog, Lucas fez uma mixtape irada, repleta de sons do seu repertório como DJ e que ilustra a diversidade musical que a Cheetah compartilha com o seu trabalho. Saca o setlist:

Lucas Santtana – Dancing Cheetah Mixtape

1 – Cousin Cole – Major Ager
2-   Diplo –  Hollaback girl Baltimore holl
3-   Lucas Santtana & Seleção Natural – Pela orla dos velhos tempos
4-   Lucas Santtana – Super violão mashup
5-   Cassiano – Tchutchuca con leche (Bonde do Tigrão/ El Presidente)
6-   Da Lata – Ska cubano
7-   Ghislain Poirier – Poiriersound #4
8-   Santogold – Say Aha TEPR remix
9-   Fugges – Fiestala The Heatwave Refix
10- Lily Allen & General Levy – Mad Ldn
11-  Mr Catra – 4 X 4 Cassiano Rmx/ Atividade Dobrada
12- Cousin Cole – Major rager #2
13-  Bonde do tigrão – Kuduro remix
14- DJ C and Mc Jorge Stylo – Juce
15- Shantel – Fige Ki Ase Me
16- Pio Lobato – tecnobrega #1
17- João Brasil – Baile Parangolé
18- DJ Mujava – Township Funk
19- Beck – Bad Cartridge E-Pro Remix
20- Maderito e Joe – Passageiros da nave
21- Kleva – Mapaputsi (Maga Bo remix)
22- Orquestra Brasileira de Música Jamaicana – O Guarani

Vai lá e baixa a mix!

E se você ainda não foi na Dancing Cheetah, olha só o que você tá perdendo! São fotos da última edição, com o argentino El Remolón, que no final das contas contou também com a participação especial do MC Gringo!

llerena_086297llerena_086380llerena_086428llerena_086466llerena_086558llerena_086280

El Remolón no Rio Fanzine

8 May

fanzini el remolon

Leia aqui a matéria escrita pelo Bruno Natal.

Zizek e El Remolón na mídia!

7 May

Essa matéria aqui saiu no bacanudo rraurl.com, espaço ímpar na divulgação da boa música. A Cheetah reproduz aqui o primeiro parágrafo; vai lá e lê o resto que vale a pena!

Em tempos de antropofagia étnica cultural, o bastard pop vê a evolução ser desencandeada em divertidos contextos geosociais. Depois de baltimore club, funk carioca, kuduro e outros elementos musicais oriundos de lugares como Caribe, África ou Balcãs, é da América Latina – mais em particular da Colômbia e de Buenos Aires – que vem mais um interessante ritmo dançante em fusão com a jovem cltura alternativa. É a cumbia eletrônica do coletivo portenho Zizek, que é coletivo, noite fixa, plataforma de DJs e um soundsystem, grupo que se apresenta ao vivo em shows animados e, mais recentemente, turnês pomposas, que já passaram por Europa e pelo último Coachella, festival americano que rolou em abril último.

El Remolón

6 May

dancing-cheetah_eflyer-03

O argentino El Remolón, de Buenos Aires, Argentina, é um dos mais ativos membros do coletivo de Djs e produtores ZZK (leia-se Zizek). Fazendo uma fusão de ritmos folclóricos latinos, especialmente a cumbia colombiana, com um sem número de gêneros (reggae, electro, IDM, funk carioca, kuduro, dubstep) no que ficou conhecida como cumbia digital, o ZZK é hoje o principal produto de exportação argentino. Depois de passar por alguns dos principais festivais de novas tendências musicais, como os norte-americanos South By Southwest e Coachella, o ZZK chega pela primeira vez ao Brasil para divulgar sua irresistível versão eletrônica da cumbia, gênero ouvido compulsivamente em toda a América Latina.

el-remolon

Conheça o som do El Remolón! É só baixar aqui uma mixtape repleta de sons do cara!

1) El Remolón – Bolivia
2) El Remolón vs Princesa – Guajira En Medio De La Calle (dub)
3) Si*Sé – Cuando (El Remolon Mix)
4) Interlude Repiola
5) El Remolón – Cumbia Bichera feat Pablo Lescano
6) El Remolón + Pablo Lescano vs Zaptap-Citizen 10 – Cumbia Lescanera Rapcat
7) El Remolón – Pokemón
8) El Remolón – Cola Lex
9) Mochipet – Rambunktion (El Remolón Zapatillas Galacticas Mix)
10) El Remolón feat Blitto vs Jahcoozi – Escape a Barcelona

E pra completar, ouça também as pepitas abaixo, 3 músicas que certamente serão ouvidas no sound system do 69!

Cumbia Bichera

Violeta (El Remolón Remix) – Alcides

Vem que tem (feat. Mc Marina)

baixaria_600

Bom, né? Tão bom que a Cheetah, envolvida diretamente na vinda do argentino ao Brasil, acompanha, nesta sexta, dia 8, em São Paulo, a Baixaria, festa dos nossos amigos Bruno Belluomini, o Tranquera, e Felicio Marmitex.

K-K-K-Kumbia!!

Nueva Cumbia!

6 May

Enquanto a Cheetah se recupera da primeira edição da festa no 69, domingo passado, automaticamente a macaca se prepara para a segunda data, dessa vez com o argentino El Remolón, do coletivo ZZK! Maiores infos logo mais; stay tuned.

Pro esquenta, a Cheetah se aquece ouvindo a mix Nueva Cumbia, preparada pelo DJ Unb (Una Musica Brutal). Um pouco confusa ali pro meio, mas interessante ainda assim.

E quem não leu, tem que ler isso aqui: cumbiaaaa!!!

%d bloggers like this: