Archive | árabe RSS feed for this section

Pitch Perfect: todos os continentes

12 Jun

Como prometido, seguem os outros capítulos do projeto Pitch Perfect, uma empreitada da Nike com a revista Fader. É com extremo orgulho que publicamos essa série de mixes no blog. Sinal de que o global guettotech vai muito bem, obrigado. Tudo junto, misturado e pós-moderno. E aí, qual a sua mixtape preferida?

Nike Sportswear x The FADER’s Pitch Perfect Mixtape #6: Africa by Spoek Mathambo

Tim Turbo f. Spoek Mathambo and Gnucci Banana, “Linyora” (SA)
DJ CNDO, “Terminator” (SA)
DJ Mujava f. DJ Menace, “Tshwara” (SA)
BB Ramazani, “Fouka Fouka” (Cote D’ivoire)
Dirty Paraffin, “Aha” (SA)
Pastor Mbhobho, “Ayobaness” (SA)
Shanaka, “2010 Fooball” (Cote D’ivoire)
Spoek Mathambo, “Mshini Wam” (South Africa)

Nike Sportswear x The FADER’s Pitch Perfect Mixtape #5: North America by Chief Boima

Los Rakas, “Abrazame (Uproot Andy Remix)” (United States/Panama/Canada)
Mr. OK, “Poto Mitan” (Canada/Haiti)
M.anifest, “Swing Low” (United States/Ghana)
Tabi Bonney, “Tick… Tick” (United States/Togo)
Toy Selectah, “Half Colombian-Half Mexican Bandit” (Mexico)
Dubbel Dutch, “Throwback” (United States)
Kush Arora, “Humidifier Jammer Club Edit” (United States)
Rita Indiana, “Poderes” (United States/Dominican Republic)
Theophilus London, “Don’t Be Afraid” (United States/Trinidad and Tobago)

Nike Sportswear x The FADER’s Pitch Perfect Mixtape #4: Asia by DexPistols

Gaines & Mr.Q, “Fly High (M.S.K. Remix)” (Japan)
Clash the Disko Kids, “Aneurysm (Nando Remix)” (Singapore)
iLoop, “Day” (China)
Tigerstyle f. Vybz Kartel, Mangi Mahal & Nikitta, “Balle! Shava! (Sinden Remix)” (India)
DexPistols, “Bird of Paradise (Lapsap & Goldfish Remix)” (Japan)
Balkan Beat Box, “Balkumbia (Sub Swara Remix)” (Israel)

Avalanches, “Summer Crane”
POND, “Mussels Tonight?”
Bell Towers, “Scavengers”
Tame Impala, “The Bold Arrow of Time”
Canyons, “Blue Snakes”
Tortoiseshell, “This Girl”
Nike Sportswear x The FADER’s Pitch Perfect Mixtape #2: Europe by Sinden

Sinden & WAFA, “Afrodizzier” (United Kingdom)
Gregor Salto & Mokoomba, “Messe Messe (Afro Dub)” (Netherlands)
Bok Bok, “Dance Report” (United Kingdom)
Canblaster, “No 23″ (France)
Bambounou, “Nappyhead” (France)
Jamtech Foundation, “Too Fast (Zombie Disco Squad Remix)” (Sweden)
El Hijo de la Cumbia, “Soy El Control” (Argentina)
Petrona Martinez, “Un Nino que Llora en los Montes de Maria (King
Coya & Axel K Remix)” (Colombia/Argentina)
Choc Quib Town, “Somos Pacifico” (Colombia)
Fauna, “El Gauchito Gil” (Argentina)
Princesa, “Aqui Ilego Princesa (Frikstailers Remix)” (Argentina)
Samba de Coco Raízes de Arcoverde, “Ê Boi (Maga Bo Remix)” (Brazil)
Lucas Santtana, “M’Bala” (Brazil)
Digitaldubs Sound System, “O Arrego feat. Biguli” (Brazil)
Systema Solar, “Bienvenidos” (Colombia)
King Elio Boom, “El Fulo” (Colombia)
Jahdan Blakkamoore, “Earthshaking” (Guyana)
Advertisements

Sahara Elektrik

5 Nov

sahara

O grupo de rock alemão Dissidenten é um dos precursores da mistura de sonoridades ocidentais com as indianas e árabes. A Cheetah não achou a citação, mas falam por aí que a Rolling Stones os batizou de “Godfathers of World Beat”. Verdade ou não, o fato é que Sahara Elektrik, disco de 84 gravado no Tangier, Marrocos, com o apoio da banda local Lem Chaheb, é fundamental na audioteca do global guettotecher.

Fata Morgana era hino nos clubes da Itália, Espanha e Canadá. E, certamente, influenciou muitos artistas arabescos que vieram depois, como Transglobal Underground e Renegade Soundwave. John Peel tocou tanto essa música no seu programa da BBC que um ano depois de lançado, Sahara Elektrik ganhou edição inglesa. Já nos EUA, Brian Eno, David Byrne e Paul Simon eram todos fãs.

Dissidenten & Lem Chaheb – Sahara Elektrik

01. Inshallah
02. Fata Morgana
03. El Mounadi – The Desert Life
04. Sahara Elektrik
05. Casablanca – Wacha Wacha
06. Hidden Track
07. Shadows Go Arab

Bônus

Esse vídeo gravado ao vivo recentemente mostra que os caras ainda estão em forma!

Mixtapes for the weekend #2

16 Aug

soulico

Mal falamos no Soulico e cá estão os israelenses de novo.  Se na última vez os temas da mixtape eram setentistas, a pegada aqui é atualíssima. Repleta de novidades, essa mix feita especialmente pro Pitchfork antecipa o esperado Exotic on the one, o novo disco dos caras. Algumas das partipações da pepita, que oficialmente será lançada pela JDub no dia 6 de outubro: Ghostface, Rye Rye, Del Tha Funkee Homosapien e Balkan Beat Box. Nada mal, hein?

Soulico – Exotic on the mixtape

01. Omri’s Drop
02. Exotic Introduction
03. “Exotic On The Speaker” (Soulico Edit) / Cutty Ranks “Pon Pause (Acapella)”
04. “Bo Be Easy” ft. Axum and C. Le (Edit) / Bangers & Cash “Loose (Instrumental)” / Modeselektor “The Dark Side of the Sun (Edit)”
05. “Pitom Banu 2020” ft. Axum, Peled, and Ortega (Remix)
06. “Politrix” ft. Del Tha Funkee Homosapien
07. Sabbo ft. Livity “Dem A Gangsta”
08. Balkan Beat Box “Digital Monkey (Soulico Remix)”
09. “Put ‘Em Up” ft. Lyrics Born and Axum
10. Rye Rye ft. M.I.A. “Bang (Shimmy Sonic Remix)”
11. “Avood Me’ahava” ft. Oren Barzilay (NDV Remix)
12. Shimmy Sonic “Robot”
13. “Jim & Joe” ft. Onili
14. “SOS” ft. Pigeon John and Ceci Bestida / Bounty Killer “I Am (Acapella)” / Horace Andy “Rasta Don’t (Dub)”
15. “Queen of Hearts” ft. MC Zulu / Unfinished Business Riddim (Instrumental)
16. “There 4 Me” ft. Alijah
17. “Darbukaton Interlude”
18. “30 Year Old Baby” ft. Fishi
19. “Body Work” ft. MC Zulu (Noiz in Zion Remix)
20. “1000 Nights” ft. Ravid Kahalani (Soulico Remix)

karatekazulucover

En portunhol ya que Mono Azul e el Cooliado son los hermanos porteños de la Cheetah! La nueva geración de tropicalistas sud americanos! Cá esta la nueva mix do Macaco Azul, una bomba latino-eletrônica para mover la colita de todos nosotros.

Un Mono Azul – Karateka Zulu Mix

kraftwerk – the telephone call (un mono azul edit)
sebastien tellier – la ritournelle (metronomy mix)
a-ux – less hate, more love
crystal fighters – xtatic truth (renaissance man remix)
julio bashmore – umbongo
faithless – insomnia (ricardo villalobos remix)
douster – for weirdos only (momma’s boy remix)
devil’s gun – gold dust (boy 8-bit remix)
the rapture – w.a.y.u.h. (claude vonstroke pantydropper vocal mix / copyfokking’s rio fixing dede mix)
el guincho – kalise (tanlines remix)
fallen angel (wong kar wai songbook)
junior boys – sneak a picture (un mono azul mash up)
missy elliot – the rain (douster tropical remix)
fauna – el ri lac (original mix)
super powerless – more than you (un mono azul edit)
los dalton’s – intro + alto y seco
reefer – may baleen (un mono azul edit)
technotronic – pump up the jam (disco villians remix / un mono azul double mash up)
matías aguayo – minimal (el remolón remix)
animal collective – lion in a coma (un mono azul edit)
the doors – indian summer

Go East e os Balkan Beats

26 Jul

The GO EAST team por Mácia Bellotti 1

Além da DJ Vivi Caccuri, a próxima Dancing Cheetah, nesta terça, dia 31, terá como convidada a festa de música dos Balcãs Go East, das DJs Maria Almeida e Sol Provvidente.

Os Balkan Beats e o Leste Europeu.

Os balkan beats são muito mais do uma cena musical: trata-se de um fenômeno continental, que começou quando o muro de Berlin caiu e uma enorme influência cultural veio do leste europeu para a Europa Ocidental e desde então vem ganhando força.

O que começou como reuniões musicais de imigrantes vindos ‘do outro lado do muro’, na Berlim do início dos anos 90, acabou ganhando proporções inimagináveis e espalhou-se como febre por toda a Europa Ocidental. Os ritmos típicos de diversos povos do leste europeu – eslavos, ciganos, judeus, orientais – ganharam uma cara nova, mixados com o drum’n’bass, dub, break, electro e, inclusive, com o rock. O resultado dessa fusão de som acústico e tradicional com o eletrônico e moderno foi uma música completamente nova e explosiva, capaz de seduzir com as mágicas melodias orientais até os mais entediados ouvidos ocidentais.

Nos últimos anos, essa ‘balkan fever’ se espalhou com uma rapidez absurda: artistas, bandas, festas e festivais dedicados aos balkan beats surgem da França ao Japão, dos Estados Unidos à Argentina, levando o espírito explosivo e de celebração louca do leste europeu para os clubes de todo o mundo.

Nos últimos anos, eventos musicais exclusivamente dedicados aos Balkan Beats são encontrados espalhados por todo o mundo. Na Alemanha, algumas das festas mais populares nessa linha são a “Balkan Beats” (com edições também no Reino unido e França), produzida por Robert Šoko, e a “Russendisko”, do produtor musical e escritor Vladmir Kaminer; na França, a “Divan des Balkans”, produzida pelo DJ Click; a “Nuit Tzigane”, de origem Belga; o “Mehanata”, nos EUA, em New York e, na América Latina, o festival “Bubamara”, na Argentina.

The GO EAST team por Paulo Salerno 3

Go East, a festa.

Aqui no Brasil, os balkan beats só estão chegando por agora. Isoladamente, alguns DJs de “world music” começaram a incorporar nos sets algumas faixas balcânicas, mas até a primeira edição da festa Go East (em Novembro de 2007) não havia um único evento 100% dedicado ao eletrônico do leste europeu.

Muito mais que uma festa de música eletrônica, a Go East – produzida por Maria Almeida e Sol Provvidente, em parceria com Raoni Martins – veio trazer novos ares para a cena musical brasileira. Filmes e DJs do leste europeu, danças folclóricas e orientais, live PA e distribuição de vodka e bebidas típicas fazem da Go East mais do que uma simples festa: um evento cultural

Sempre em busca de novidades para a festa, as produtoras da Go East vão todo ano à Europa e Balkans, para pesquisar mais sobre a música e cultura da região e para conhecer bandas e artistas locais.

Para o futuro, as produtoras da Go East pretendem ir mais longe: querem criar uma cena forte como a da Alemanha, Áustria e França, contando com a presença de cada vez mais freqüente bandas, parcerias de festas e festivais e promover também um intercâmbio entre artistas brasileiros e do leste europeu.

— 5 grandes momentos da música dos Balcãs —

Disko Partizani, do Shantel, um dos maiores hinos da Cheetah

Sahib Balkan, do Buscemi. Essa aí deveria ser hino de qualquer festa que se preze!

Fanfare Ciocarlia, a maneira mais fácil de catequizar alguém na música dos Balcãs!

Underground, do Emir Kusturika, filme obrigatório. A triha é do próprio Kusturika e de sua No Smoking Band

Gogol Bordello e o punk cigano. Um dos shows mais explosivos e “pogueiros” que você pode ver na sua vida.

Rapidinhas #4

16 Jul

–Bomba Stereo – Fuego–

Primeiro single do novo disco do Bomba Stereo, com clipe filmado em Barranquilla, Colômbia. Hino na Cheetah.

–Buraka Som Sistema – Blood Diamond Mixtape–

blooddiamond
3000 downloads em 24 horas: essa Blood Diamond vale ouro (hehe)!

Baixe a sua aqui.

Tracklist:

01. Diamonds are Forever Intro
02. Dj Znobia feat Jaime Foxx- Africa
03. Buraka SOm Sistema – Kalemba (wegue wegue) Afrikan Boy remix
04. Os Lambas – Sapo (BSS Edit)
05. Radioclit vs Guns’n’roses – Sweet Secousse of Mine (Bss edit)
06. The Kiss – Black Diamond
07. Tunes for Baby That Won’t Drive You Crazy – Black Diamond
08. Buraka Som Sistema – IC19 (Toy Selecta remix)
09. Buraka Som Sistema – Aqui Para Voces (FAVELA FUNK SAMBA edit)
10. Buraka Som Sistema – Wawaba (James Braun Copyflex remix)
11. Lykke Li – Dance Dance Dance (BSS Remix)
12. Dirty Tricks – Black Diamond
13. Rusko vs Puto Prata – Let’s Go (BSS Edit)
14. Buraka Som Sistema – R.I.A.D.
15. J-WOW feat Aloe Blacc – Off with ya head
16. Buraka Som Sistema – Gang Bang feat Blaya
17. David Zé – O Guerrilheiro
18. Johnny Clarke – Come Back To Me
19. Buraka Som Sistema – Sound of Kuduro (D1 remix)
20. Zomby feat Pongolove – Kuduro Rumours (BSS Edit)
21. Rusko – Cockney Thug (BSS Remix)
22. Paul Simon – Diamonds on the soles of her shoes

–Omega Y su Mambo Violento – Tu no ta pa mi–

Omega é o grande expoente do novo merengue dominicano, chamado de merengue de la calle. A última FADER fez um perfil com o cara, assinado pelo mestre Jace Clayton, o Dj Rupture.

–Sinik ft. Cheb Bilal & Big Ali – Bienvenue chez les bylkas–

Ah… Uma salva de palmas para o hip-hop argelino

–Alta Joya – El Ghetto Tropical Mixtape–

alta joya
Muy buena esta mixtape postada por nuestra hermanita Alta Joya, la patroa del increible Cooliado, uno de los mejores sitios de musica latina y global guettotech abajo del Equador!

1. MeNeo – Margarita
2. Major Lazer – Hold the line ( Alta Joya Remix )
3. Villa Diamante – Arcade vs Spankrock
4. Fauna – Las mil caras ( Un Mono Azul Remix )
5. Horace Andy – Watch Dem ( Sonido del Principe Remix )
6. Alta Joya – Perfect Cumbia ( D.A.R. vs Princess Superstar Mash Up )
7. Uproot Andy Vs. Ol Dirty Bastard – Brooklyn Cumbia
8. Dama do Bling – Hep Hep ( Nasty Girl )
9. Ying Yang Twins ft Pitbull – Shake
10. Alta Joya – Analogik vs Bangers and Cash
11. Douster – Ladinian ( Ruff Mix )
12. Busta Rhymes – Touch it ( Kid Fresh Remix )
13. Daniel Haaksman – Pobum Coco
14. Pitbull – Hotel Room ( ArmoKidd Bmore Remix )
15. LMFAO ft. Lil Jon – Shots

Rapidinhas #3

1 Jul

— We agree Mr. Manuva–

roots_bass_in_church

Isso aí é um trechinho do Dub Echoes! E saiu no graaaande Dutty Artz, do mestre Dj Rupture!

–SoundGoods Villera–

O essencial SoundGoods, do amigo da Cheetah, Wolfram Lange, lançou mais uma mixtape. O tema: cumbia villera!

La Villa Cumbiera Mixtape

01. Dany Lescano – Cumbia Cabeza
02. Repiola – Danza Repiola
03. Gran Hermano – El Beso De Osito
04. Meta Guacha – No Te Bongas Brava
05. El Gasty – De Izquierda A Derecha
06. Monoblock – Los Cumbieros
07. La Repandilla – Traka Traka
08. Los Pibes Chorros – Gatillo
09. Yerba Brava – Activando Cumbia
10. Los Pibes De La 2 – Muevelo, Muevelo
11. Suena Rototón – El Pelotero
12. La Peluca De Mirta – El Pasito Del Avión
13. El Perro – Floggers
14. El Tecla – El Baile
15. La Liga – RMXS Lalo DJ
16. La Banda De Lechuga – Mi Chiquita (Remix)
17. Damas Gratis – Se Te Ve La Tanga Feat. Reyes Vallenatos (Cristian Dee Jay Remix)
18. El Original – Pégate A Lo Mio
19. Cumbieton – El Cuchulum (Remix)
20. El Polaco – Para Que Lo Muevas (Remix)
21. El Empuje – Pito chiquitito (Marcela Baños Remix)
22. Altos Cumbieros – La Cola Less
23. El Baile Del Oso – Baila Baila
24. Eh Guacho – Apreitato
25. La Base – Alta Gira Por La Matanza
26. Sonido Básico – Sabes Quien Soy

Baixe aqui

–Jacko & Bubbles circa 1987–

–Sónar 2009

O Sónar desse ano foi não só o mais eletrônico da sua história como também o mais aberto às sonoridades não-anglo saxônicas. Segue três videozinhos gravados pelo amigo da Cheetah Batman Zavareze, diretor e curador do Festival Multiplicidade.

Konono Nº 1

Omar Souleyman

Mulatu Astatke

Rainbow Arabia

30 Jun

rainbowarabia

Espécie de DFA do deserto egípcio, o americano Rainbow Arabia, formado pelo casal Daniel e Tiffany Preston, acaba de lançar mais um trabalho, o EP Kabukimono. Dance music exótica, algo tosca, por conta dos vocais abafados, e cheia de teclados e instrumantação poliritmica inspirada em Omar Souleyman, nas coletâneas da Sublime Frequencies e de outros artistas do Oriente Médio, o Rainbow Arabia é absurdamente bom.

kabukimono_500x500

Graças aos blogs de mp3, o casal teve contato com a música árabe, instigando o Daniel inclusive, a comprar em lojas libanesas na internet uma série de  synths microtonais que vem cheios de batidas árabes e turcas lojas libanesas.

O deserto realmente é psicodélico.

Rainbow Arabia – Holiday in Congo

Rainbow Arabia – I know I see I love I go

%d bloggers like this: