Archive | mashups RSS feed for this section

Villa Diamante na Dancing Cheetah_06 de julho

19 Jun

O argentino Diego Bulacio, o Villa Diamante, é o rei dos mashups de cumbia com pop, rock e eletrônica. Um dos fundadores (ao lado de Nim e El G) do Zizek, coletivo mais importante da nova música latino-americana, Villa representa com seus mashups a palavra mais cara da música do século 21: mistura.

Depois de receber El Remolón e os Frikstailers, dois dos mais talentosos membros do cast zizekiano, é com muito muito orgulho que a Dancing Cheetah anuncia a presença de Villa Diamante em uma de nossas festas – no caso, dia 06 de julho, na Casa da Matriz (data que também vai contar com a Makula). Se a Dancing Cheetah existe, muito da culpa é desses fabulosos produtores argentinos, mestres na arte de juntar passado, presente e futuro em sua música eletrônica periférica.


—Dancing Cheetah entrevista Villa Diamante


DC: Como é uma festa do ZZK?

VD: Muito divertida! O que sempre acontece no Zizek é que nunca se sabe muito bem o que vai acontecer! Somos várias pessoas que se juntam para dançar e curtir a música. Por amor ao baile!

DC: Como você vê o ZZK hoje, depois de 3 anos da fundação do coletivo?

VD: Acredito que os artistas e público amadureceram. Continuamos com a meta de experimentar com a música de festa e seguimos adiante sem repetir fórmulas. Estamos sempre tentando surpreender o público e a nós mesmos, artistas do selo.

DC: Quais são os próximos projetos do ZZK?

Muitos! Os novos discos do Chancha Via Circuito e do Tremor são excelentes, um passo a frente de tudo o que já fizeram. Os EPs do El Remolón e dos Frikstailers também são muito emocionantes. Neste momento, Fauna, El Remolón e El G estão em turnê pela Europa, e durante julho e agosto estarão, junto com Tremor e Chancha, nos EUA, Canadá e México. Bom, e eu estarei de volta ao Brasil, o que me deixa muito feliz! E finalmente, estamos tentando criar a ZZK TV com a ajuda dos fãs através do Kicksterters.

DC: Falando em Brasil, como foram as suas passagens pelo país?

VD: Ótimas! A primeira vez que toquei no Brasil foi há muitos anos atrás com o pessoal do Capacete, no Rio de Janeiro, em uma festa no ateliê do Ernesto Neto.  A segunda vez foi em São Paulo na Cha Cha Cha junto com o Fauna, foi uma ótima experiência com todo mundo dançando.

DC: A cumbia é um fenômeno mundial? (Vc acha que ela conseguiu romper as fronteiras latino-americanas? Até aonde a cumbia pode chegar?)

Sem dúvida que a cumbia é um fenômeno mundial, e isso tem a ver com um monte de fatores sociais, culturais e artísticos. Acho que é um assunto profundo, mas acho que tem a ver com uma fusão entre as novas tecnologias, o mp3, o software livre, as redes sociais e a internet somado a sensualidade e a diversão da cumbia e suas diferentes variantes ao redor da América Latina, já que a cumbia de Buenos Aires não é a mesma que de Cartagena e nem a da Cidade do México. Acredito que a qualidade artística e musical dos novos artistas de cumbia está a altura de qualquer produtor de minimal techno alemão, de dubstep inglês ou de pop americano.

DC: Vc é muito conhecido pelos mashups de cumbia com pop. Pretente um dia produzir conteúdo próprio?

VD: Sim, claro! Estou trabalhado com El Remolón e Chancha Vía Circuito em algumas faixas, mas a realidade é que o mashup me dá liberdade e diversão para brincar com a música e criar coisas novas. Acho que para produzir mais e melhor eu deveria deixar de me dedicar tanto ao ZZK Records, mas por enquanto sigo em frente com meus sócios DJ Nim e Grant no Zizek, trabalhando muito para seguir com o selo, a festa e os artistas. Mas terei meu tempo para produzir, assim espero!

DC: Qual o seu top 5 atual?

VD: Fazer um top 5 sem citar qualquer dos artistas do ZZK Records é muito difícil pra mim. Além de trabalharmos juntos e de sermos amigos, sou fã de todos eles. Relmente recomendo que vocês escutem Tremor, Frikstailers, Fauna, Chancha Vía Circuito, El Remolón, King Coya, Lagartijeando e Douster. Fora do Zizek, venho escutando ultimamente Ramadanman, Meneo, Uproot Andy, Bomba Estereo e Roska.

VILLA DIAMANTE – EMPACHO DIGITAL

01-Intoxicados – Comandante (Villa Diamante cumbiastyle)
02-Villa Diamante – Calle 13 vs M.I.A.
03-Villa Diamante – Chancha Vía Circuito vs Nelly
04-Villa Diamante – Arcade vs Spankrock
05-Villa Diamante – Marcelo Fabian vs Homebwoi
06-Villa Diamante – Spektre vs Nelly Furtado & Calle 13
07-Villa Diamante – Surtek Collective vs Modeselector
08-Villa Diamante – Frikstailers vs Calle 13
09-Villa Diamante – Fauna vs Tego Calderón
10-Villa Diamante – Peter Rap vs Ludacris
11-Villa Diamante – Marcelo Fabian vs Dante
12-Villa Diamante – Chancha Vía Circuito vs Lil Mama
13-Villa Diamante – El Remolón vs Chingo Bling
14-Villa Diamante – Marcelo Fabian vs Tego Calderón
15-Villa Diamante – Oro11 vs Kelis
16-Villa Diamante – El Trip Selector vs Voltio y Tego
17-Villa Diamante – Emisor (cumbia style)
18-Villa Diamante – Tremor vs Arianna Puello
19-Villa Diamante – Emisor vs Dead Prez
20-Babasonicos – Farsa (Villa Diamante Edit)

VILLA DIAMANTE – DUBSTEPERISMO
(THE DALEDURO INFLUENCE)

01-Villa Diamante – Tonolec vs Kromestar
02-Villa Diamante – Doña María vs Ital Tek
03-Villa Diamante – Intoxicados vs Kromestar
04-Villa Diamante – Daleduro vs Calle 13
05-Villa Diamante – Benga & De La Guetto feat Randy
06-Villa Diamante – Skream vs Gallego
07-Villa Diamante – Scuba vs Alexis & Fido
08-Villa Diamante – Eloy vs Mbz
09-Villa Diamante – Ital Tek vs Jomar
10-Villa Diamante – Daleduro vs Jahcoozi
11-Villa Diamante – Juana Molina vs Benga
12-Villa Diamante – Lykke Li vs Martyn
13-Villa Diamante – Daleduro vs Lady Tigra

VILLA DIAMANTE – ROCK AR

01-Villa Diamante – Victoria Mil vs Clipse
02-Villa Diamante – Charly Garcia vs Busta Rhymes
03-Villa Diamante – Los Encargados vs Big Boi
04-Villa Diamante – Abuelos de la Nada vs Old Dirty Bastard
05-Villa Diamante – Plastilina Mosh vs Mike Jones
06-Villa Diamante – Babasonicos vs Crime Mobb
07-Villa Diamante – Antonio Birabent vs Fergie
08-Villa Diamante – Adrian Cayetano Paoletti vs Jurassic 5
09-Villa Diamante – Sumo vs Clipse

Até a data de estreia, fique ligado neste espaço pois vamos postar entrevistas com todos os convidados (Makula, João Brasil, Matias Maxx, Baptist, Ajax, Nego Moçambique, Lucas Santtana e El Rocker).

João Brasil no Grobo

24 May


Bem bacana a matéria sobre nosso João Brasil e seus mashups cabulosos. Podiam ter destacado mais coisas e fugido do óbvio (Tom Jobim), mas, ainda assim, tá fantástico!

Bootie Rio

12 May

Criada em 2003 pelo casal de DJs e produtores musicais Adrian & the mysterious D (AplusD), em São Francisco, a Bootie foi a primeira festa dedicada a tocar apenas mashups e bootlegs. Hoje, é a maior festa de mashups do mundo, com sede em São Francisco, e eventos em 16 cidades, como Los Angeles, Nova York, Boston, Portland, Berlin, Munique, Vienna, Paris, Brisbane, Londres, Helsinki, Cingapura, Irlanda, Hamburgo e Balcãs.

No Rio, as festas da Bootie contam com a produção do Fabiano Moreira e residência do Lucio K. A primeira edição, que rola dia 14 de maio, na Fosfobox, tem como convidados a dupla AplusD e André Paste.

Leia aqui uma entrevista com os criadores da festa, AplusD.

Maiores infos no site da Bootie Rio.

Chico Sonido + Toy Selectah

27 Apr

Duas novidades fresquinhas de dois dos nossos mexicanos favoritos.

Chico Sonido – Antes que nadie

Toy Selectah – Raverton Worldwide

Raverton é como Toy Selectah batiza seus remixes de música pop com cumbia, reggaeton, guarachero e atmosfera rave!

Toy Selectah – Raverton Worldwide Mixtape

Tracklist

TheNoise & Ismael Miranda – Intro
Toy Selectah – Muy Pinchi Gansta
Arcade – Jugo Carioca (Raverton Cut’s and Edit’s)
Femme En Fourrure – Plump Bisquit (Nelly + Toy Raverton Cut’s)
Breakage – Riverside(innaRaverton Trip Edit)
Dj Blass x Lil Jon x Toy Selectah – El Tra x Snap Ya Dembow x Freestyle
Terry Lynn vs Los Macuanos – Kingston Logic vs El Marranazo
Mozart La Para feat Villano Sam – Mafu Tama (Raverton Edit)
Kid Kaio feat Buiza – Broadway (Raverton Take)
Lil Silva feat Jazmin Sullivan – Different (Kingdom Remix Ravertoner Take)
Arcade – Jugo Carioca (Raverton Cut’s and Edit’s)
Harvard Bass – Caked (Toy Selectah Raverton Refix)
Ramirez – Hablando (Hostage Remix Raverton Take)
Twist it – Funky Monkey ( Max Le Daron Funky Remix)
Romy – Sleep (Juan Mclean Remix Raverton Take)
Ludacris – How Low (Bird Peterson Remix Ravertoner Step)
Sunday Girl vs Diplo vs Toy Selectah – Four Floors (Diplo’s in Cuba On Drugs Refix)
Wildlife – Jumbie (Toy Selectah Cosmico Guarachero Remix)
L-Vis 1990 – United Groove (1990 Guarachero Remix)
Dj Icon – AudioAdicción Tribal Cosmic Take
Dj Joe, Rafi Mercenario & Sancocho – Rumba te Tumba
Los Negritos – Tu No Sabe Bailar (RaverTra Refix)
Ñejo & Dj Wassie – Cancion de Amor (RaverTra Take)
AC Slater feat. Ninjasonik – Take You (Nadastrom Raverton reRefix)
Paul Johnson vs Dj Chuckie – Bubblin Down (Slow Take)
Florence & The Machine vs XX vs Toy Selectah – You’ve got the Love (Warachaedo Cosmic Dub)
Los Wawanco vs JPShuk – The Cuartetazo (Raverton Take)
Alvaro – Make it Funky (Dj Punish vs Max Le Daron Remix)
Egyptrixx – The Only Way Up (Ikonika Remix)

Talking Heads X Akwaaba

26 Apr

X

Nosso símio mais irreverente vem fazendo mashups que unem Talking Heads com os kuduros da gravadora Akwaaba.

Boa, Joãozinho!

Talking Heads – “Who is it” X Vagabanda – “Sucesso” = Who is sucesso?

Talking Heads – “Psycho Killer” X Noite e Dia – Tiramakossa = Tiramakossa Killer!

Talking Heads – “New Feeling” X Fofandó & Saborosa – “Number one”! = Number one feeling!

Talking Heads – “Crosseyed and Painless” X – Puto Prata – “Cara de podre” = Cara de painless

Embolex – Caixa Prego Mixtape

22 Mar

Embolex – Caixa Prego Mixtape

Sensacional, maravilhosa, soberba a nova mixtape do Embolex, de São Paulo. Completamente na onda global guettotech, a mix do coletivo audiovisual liderada pelo Fernão Ciampa presenteia o ouvinte com 16 mashups originais de sons do mundo todo.

1 – Untold Vs Martinho Da Vila – Discipline Vs Dinheiro
2 – Eddie Vs Dj Rupture – O Baile De Betinha Vs Strategy Decay
3 – Byetone Vs Dj Znobia – Plastic Star Vs Africa Feat. Jaime Foxx
4 – Lucas Santtana Vs Dj Amorim – Recado Pra Pio Lobato Vs In The Rush Hour
5 – Dengo Embolex – Julieta (Pedro Angeli Mix)
6 – Chico Correa – Riddim P Silverio Pessoa (Embolex Mix)
7 – Beto Villares Feat. Céu (Periférico Remix/ Embolex) – Nação Postal
8 – El Remolón Vs The Soup Dragons – Cumbia Bichera Vs I’M Free (Accapella)
9 – Dengo Embolex – Caminhando (Pedro Angeli Mix)
10 – Lucas Santtana Vs Disrupt – Cira, Regina E Nana Vs Sega Beats
11 – Daniel Haaksman Vs Sister Nancy Vs Balkan Beat Box – Pobum Coco Vs Transport Connection Vs 20$ For Boban
12 – Mr Oizo Vs Dj Amorim Vs Claude Van Stroke – Flat Beat Vs Drum And Bass Vs The Whistler Box
13 – Secos E Molhados Vs Rsd – Sangue Latino Vs Forward Youth
14 – La Sonora Cienaguera Vs The Rapture – La Piojosa Vs House Of Jealous Lovers
15 – Jorge Ben (Pedro Angeli Mix) Vs Matias Aguayo (El Remelon Remix) – Bebete Vs Minimal
16 – Paul Mccartney Vs Ninja Sky & Tego Calderon Vs Lindomar Castilho – Temporary Secretary Vs Nore Vs Você É Doida Demais

Rapidinhas #5

4 Aug

— Dama do Bling —

Diretamente de Moçambique… Dama do Bling!

— Petrona Martinez —

Das coisas mais bonitas que a Cheetah já ouviu em sua vida é essa La vida vale la pena, da colombiana Petrona Martinez. É herdeira de uma tradição de pelos menos quatro gerações de músicos que cantam o “bullerengue”, ritmo afro acompanhado de danças, cantado pelas mulheres grávidas solteiras ou concubinas que eram impedidas de participar das festas e celebrações religiosas da costa caribenha da Colômbia. O ritmo é considerado um dos únicos cantos exclusivamente femininos da Colômbia e Petrona é provavelmente sua maior expressão viva.

Uproot Andy foi muito feliz em seu update; provavalmente a melhor versão de cumbia antiga de todos os tempos.

— Nunes Filho —

Também conhecida como Melô da Lagartixa, Subindo pelas paredes é um dos clássicos (pelo menos no YouTube) de Nunes Filho, o rei do brega amazonense.

— Hipi Duki —

hipi-duki-300x300

A última mixtape do Hipi Duki parou nas páginas da The Fader. Então se eu fosse você, respondia ao chamado de Duki, que está convocando produtores sul americanos a enviarem material para sua nova série de pepitas do continente. Vai lá!

— Prince Nico Mbarga —

Sweet mother, disco de 1976, do nigeriano Prince Nico Mbarga, vendeu inacreditáveis 13 milhões de cópias. Pra muitos, o highlife ensolarado que batiza o disco é o grande hino da África. Numa enquete de 2004 promovida pela BBC não deu outra: Sweet mother foi eleita a música africana favorita dos leitores do site.

%d bloggers like this: