Tag Archives: hip hop

Los Rakas

10 May

Los Rakas é um duo panamenho de hip-hop, reggae, reggaeton e dancehall. Com letras em espanhol e inglês, o Los Rakas, que atualmente reside em Oakland, na California, é perfeito pra latinizar qualquer set careta de hip hop ou dancehall.

Los Rakas – Esa mulata

Los Rakas – Dun dun (Frikstailers remix)

Die Antwoord

12 Apr

O Marcus Vinicius Brasil, do Rrraurl, escreveu recentemente sobre o polêmico MC sul africano Die Antwoord, artista que tá bombando geral na web. Gostando ou não (é super esquisito!), Die Antwoord é um caso bem curioso que merece ao menos o mínimo de atenção.

“Na caixa de comentários de um dos vídeos do Die Antwoord no YouTube, um espectador observa com ironia: “Se esses caras estivessem na América, seriam a coisa mais legal do momento.” E ele tem razão – ao menos em parte. Acontece que, mesmo vivendo do outro lado do Atlântico, o trio sul-africano de rap se tornou um fenômeno. Seu vídeo mais acessado passou dos três milhões de cliques antes mesmo de o grupo ter assinado com a Interscope, gravadora de Eminem, Nelly Furtado, 50 Cent…

O mais legal dessa história é que o Die Antwoord (“a resposta” em africâner, idioma derivado da colonização holandesa) não é exatamente real. Os caras realmente conseguiram um contrato, têm um disco com 16 músicas ótimas, e estão com a agenda cheia de shows.

Mas o MC Ninja – magrelo alto, cheio de tatuagens toscas, dentes dourados e um topete à moda Vanilla Ice – é, na verdade, um personagem criado pelo art-rapper Watkin Tudor Jones. Assim como seus parceiros, a sexy Yo-Landi e o calado DJ Hi-Tech, responsável pelas “next-level beats”, Ninja encarna uma paródia da cultura Zef sul-africana – equivalente ao redneck dos Estados Unidos, e talvez aos nossos agro-boys, em versão new-rave (!).”

Continue lendo aqui.

Chico Mann e o afrobeat digital

11 Apr

O Bruno começa e a Cheetah termina.

“Até começar a ser chamado de coisas como “James Brown cubano do Casio” (pela turma da Turntable Lab) na época do lançamento de “Manifest Tone Vol. 1″, em 2007, o projeto paralelo do guitarrista do Antibalas Marcos Garcia era apenas uma brincadeira despretensiosa.

Não demorou muito para o afrobeat eletrônico com toques latinos do Chico Mann encontrar seu próprio público. Pouco mais de dois anos depois, já foram lançados quatro discos e dois EPs.

O quinto disco, “Trickster for Kids”, está a caminho. Marcos levantou os seis mil dólares necessários para produção direto com os fãs, através do saite Kick Starter. Agora é esperar.”

Analog Drift (Muy Esniqui), quarto disco do Chico Mann é a coisa mais espetacular que a Cheetah ouviu em 2010 até então. Do ano passado, na verdade, Analog é sensacional, sublime, épico, antológico. Uma coleção de 12 pérolas que redesenham o afrobeat ao incorporar vocais em espanhol, linhas de baixo sintetizadas, programação eletrônica low-fi com toques de old school electro, hip-hop e breaks em geral. Prova de que dá, sim, pra fazer afrobeat no seu quarto. Ainda que para isso você precise tocar a rodo!

Alto astral ao extremo, ouvir Chico Mann vai te salvar de qualquer deprê. Deep.

Chico Mann – Anima

Chico Mann – Go to that place

Quantic, Etiópia e Mulatu

2 Apr


Quantic
é um dos produtores favoritos da Cheetah. Já falamos uma vez desse inglês aqui blog. Hoje residente em Cali, na Colombia, Quantic é mestre em agregar sons do mundo inteiro em seus beats e grooves.

Crate digger supremo, Quantic, em 2004, foi até Adis Abeba, capital da Etiópia, em busca de discos raros e de Mulatu Astatke. A idéia era trazer o músico etíope até Los Angeles para um show, parte da série Timeless Concert Series que homenageia compositores e arranjadores fundamentais para DJs e produtores de hip-hop. (É um projeto da mesma galera que fez em 2002 o Brazilintime, juntando Babu, Nuts, Cut Chemist, J. Rocc e Madlib com João Parahyba, Wilson das Neves e o Mamão, do Azymuth.)


Quantic abriu o show do Mulatu no dia 01 de fevereiro de 2009, e o que você ouve baixando esse arquivo aqui é o set etíope que ele fez com os disquinhos comprados em 2004. Que beleza.

Falando em Mulatu, o pai do jazz etíope tá com disco novo, seu primeiro trabalho inédito em 20 anos. Mas isso é assunto para um outro post.

Chico Sonido

12 Oct

chico sonido

l_e4d694445f594cbb926df427b97de3f6

A Cheetah conheceu o Chico durante as sessões mexicanas do Up, Bustle & Out. Depois disso, deixamos nosso radar apontado para tudo o que esse mexicano residente de L.A. aprontava. Suas mixes, embora latinas e cumbiambeiras, já demonstravam que seu foco de ataque era diferente do usual. Ávido colecionador de discos, Chico Sonido é dono de um acervo impressionante de pepitas mexicanas raríssimas de rock, disco, psicodelia e house. E é com os samples desses vinis que Chico tempera seus beats de hip-hop e eletrônica em seu perfeito debut como produtor, o homônimo Chico Sonido. 

Um dos melhores trabalhos de 2009, Chico Sonido vai fazer estrago em chill outs e festinhas mundo afora. Enquanto você não compra logo o seu em 320k, fique aqui com alguns aperitivos da Cheetah. 

Chico Sonido – Antes que nadie

Chico Sonido – Paisadelic Mix

tropical vallarta – tu corazon y el mio
carlos morua – tristemente solo
jeanette – frente a frente
los terricolas – la verdad es que me gustas
los terricolas – cenizas
los pasteles verdes – esclavo y amo
apocalipsis – un año mas sin ti
hermanos de la cruz – igual que los demas
los angeles negros – el rey y yo
jose jose – tu melodia
nelson ned – no digas no
fresa salvaje – dos gardenias
johnny olivo – dame una sola noche para amarte
jose luis y los maloos – nosotros
david – dejame conocerte
los riscos – sombras
los yorks – facil baby
super gallo – mordiendo el polvo (habre de sobrevivir)
jonny chingas – cruising down whittier boulevard
chico sonido – antes que nadie

Chico Sonido – Discoteca Freestyle Mix

Yuri – sabes lo que pasa ( version remix )
Lisa – trampa
Rockdance – sunday it’s so fast
Click – moda casual
Divina Gloria – desnudita es mejor
Bernardo – Martha
Magazine 60 – don quichotte
Vicio Latino – sabes que hora es?
Chimo Bayo – asi me gusta a mi ( xta si xta no )
Florencia – corazon de cristal
Los Sucios – sucias ( chico sonido clean edit )
Angela Carrasco – tengo lo mejor
Minimania – que onda?
Yuri vs Black Devil Disco Club – te amo te amo ( chico sonido disco edit )
Martina y su super look
Byanka – chica material

Fulanito

13 Aug

playa rincon

Fulanito – El cepillo

Criado por nova-iorquinos descendentes de dominicanos, o merenhouse (que apesar do nome também incorpora alguma coisa de hip-hop e outros ritmos latinos) divide hoje com o merengue de la calle boa parte da atenção dos jovens de Santo Domingo. Muito do que a Cheetah conhece é over pop, mas dentre centenas de Tiburons, destaca-se a banda Fulanito. O mais bacana desse grupo que já vendeu mais de 2 milhões de disco e já fez turnês no Japão e Austrália, é a fusão de hip-hop e house com o mais roots do merengue dominicano, o perico ripiao ou simplesmente merengue típico.

E viva o som do acordeón!

Fulanito – El cepillo

Fulanito – Mira

Fulanito – Guallando

Sancocho y Fulanito – Lo hace la outra

el salto del limon

* Ambas as fotos são do estado de Samaná, na República Dominicana. A primeira é Playa Rincon; a segunda El Salto del Limón

Global Guettotech #2 – Ghislain Poirier

10 Aug

GhislainPoirier

Ghislain Poirier é um Dj e produtor musical de Quebec, Canadá. Pesquisador de graves poderosos, Poirier em suas produções e sets mescla hip-hop, dancehall, dubstep e tudo quanto é música urbana do mundo inteiro. Ligado ao Ninja Tune, um dos selos mais importantes selos vanguardistas, Poirier tem feito bastante coisa com soca, a música nacional de Trinidad & Tobago. Seu último EP, Soca Sound System, o primeiro de uma série de 3 que ele vai lançar esse ano, é um petardo que adapta a música festiva e carnavaleca de Trinidad ao século 22. Segue abaixo um mini-mix feito pelo próprio Poirier com as 4 faixas do EP.

cover_front

Ghislain Poirier – Soca Sound System Mini-Mix

Wha-La-La-Leng feat. Face-T
Karnival
Immigrant Visa’ feat. MC Zulu
Get Crazy feat. Mr. Slaughter

ghislain

Dono de uma das festas mais legais do Canadá, a Bounce Le Gros, e remixer de mão cheia (Lady Sovereign, the Editors, Bonde do Rolê, Kid Sister, entre outros), Ghislain Poirier deve aparecer ao Brasil para alguns sets – assim foi dito a Cheetah por um híbrido de tucano e arara selvagem.

Antes de um batalhão de clipes com produças do canadense, a Cheetah faz questão de mostrar uma entrevista que o Maga Bo fez com ele.

Começando com Get Crazy e Wha-La-La-Leng, ambas do disco de Soca.

E agora duas do álbum de 2007 No ground under. Essencial.

Vimos algumas produções do Poirier e agora a Cheetah apresenta a sua versão DJ. Pegue seu passaporte para uma volta ao mundo: Montreal, Guadalupe, Martinica, Jamaica, Suécia, França, Burquina Faso, Haiti, Barbados, Trinida, Senegal, Ingleterra e por aí vai. O nome da mix já diz tudo.

Ghislain Poirier – Cosmopolitan Bass Mix

Tracklist:

1. Smockey – Relaxe, c’est ici le paradis feat. Dicko Hamadou
2. Danny Breaks – The Jellyfish
3. Nickodemus – The Global Village
4. Smockey – I-Yamma
5. Aloe Blacc – Patra Mia
6. Frer 200 – Ce mec
7. Admiral T – Otantik (Ghislain Poirier Remix)
8. Mali – Métrizé tchad aw
9. Chedizek – Me Nah Run (No Borders Riddim)
10. Sixtoo – Jackals And Vipers In Envy Of Man : Track 2
11. Ghislain Poirier – Mic Diplomat feat. DJ Collage (Remix)
12. Daara-J – Dub Plates 2
13. Raggasonic – Original feat. Desmond
14. Rodney P – The Nice Up
15. Imposs – Mwen Te Mouri
16. Alison Hinds – Thundah
17. Admiral T – Gwadada (Juice Remix)
18. Tiwony – Ghetto
19. Ghislain Poirier – No More Blood feat. Face-T (Megasoid Remix)
20. Petter – Fresh feat. AFC
21. Peter Miles – One Time feat. Menshan
22. Kulcha Connection – Mem Bagay
23. Timbuktu – Känn Pepp feat. OBFK
24. Admiral T – OK feat. Saik
25. Kulcha Connection – Kanpe
26. Fénomen 10′Gla – Sauter
27. Skepta – Sweet Mother (House Mix)
28. Maskinen – Alla Som Inte Dansar
29. Pepe DJ – New Game
30. Assassin – $$$
31. Skepta – Sweet Mother
32. Ghislain Poirier – Blazin Riddim
33. Tony-O – Durrty Mouf
34. Krys – Big tune du carnival
35. Machel Montano – Madder Than That (Ghislain Poirier Remix)
36. Ego System – Motella feat. Little Freddy, So Fast
37. Criollo – Carnicero
38. Awadi – Rosa
39. Omnikrom – Été hit
40. Mokobé – Mali Forever feat. Salif Keita
41. Sibot – Badder Than feat. Teba
42. Maga Bo – Analyse d’amour feat. K-Libre (Ghislain Poirier Remix)

Global Guettotech #1 – Maga Bo

3 Aug

maga bo 2

O norte-americano Maga Bo, radicado no Rio de Janeiro há 10 anos, é considerado um dos principais figuras do movimento global ghettotech. No contexto das contorções digitais de hip hop e dub, Bo amassa batucada, rai, capoeira, bhangra, cumbia e batidas eletrônicas num quebra-cabeça sem fronteiras.

Sempre na estrada, Maga Bo passa semanas conhecendo e colaborando com músicos e vocalistas locais. Os metodos são simples e eficazes: armado com um laptop e um microfone, qualquer quarto de hotel em qualquer lugar do mundo se transforma num estudio de gravação. Nessas condições, Maga Bo já gravou com: Xuman, do grupo de hip-hop Pee Froiss, de Dakar, Senegal; Teba e Max Normal, da Cidade do Cabo; Mr. Catra, BNegão e Marcelo Yuka, do Rio; Kalaf, do Buraka Som Sistema, de Lisboa; os marroquinos Bigg e K-Libre; Filastine, de Barcelona.

magabo

Suas apresentações ao vivo se dão tanto em gigs de guerilla (complexos industriais em São Paulo, barcos no Mar Báltico ou em sistemas de som improvisados em pleno carnaval do Rio), quanto nos importantes Club Transmediale em Berlin, The Sydney Festival, na Australia, Fabric, em Londres, Turntables on the Hudson, em Nova Iorque, The Chicago World Music Festival, Pop Montreal, no Canadá e o Clandestino Festival, na Suécia.

Maga Bo feat. Mohammed Issa Matona – Longa Nahawand

Soulico & Sabbo

2 Aug

soulico

O coletivo Soulico, formado por 4 DJs e produtores de Tel Aviv, é um dos nomes mais consolidados da cena israelense de música urbana, uma das mais interessantes do mundo hoje (é impressionante como tem gente fazendo dubstep em Israel!). Exotic on the speaker, mais novo disco dos caras, está sendo ansiosamente aguardado pela Cheetah. O lançamento oficial é só em setembro, mas duas tracks já estão circulando pela web.

Soulico feat. Lyrics Born & Axum – Put em up

Soulico feat. Pigeon John & Ceci Bestida – SOS

archeology_125DPI

Além do trabalho autoral dos caras, a Cheetah gostaria de destacar uma mixtape recente que o coletivo gravou. Archeology, reúne uma hora de soul, funk, jazz, rock e disco music inteiramente gravada em Israel por artistas locais durante as décadas de 70 e 80. Muitas dessas músicas nunca foram lançadas em CD, e segundo o próprio Soulico, a mixtape é resultado de mais de 10 anos de pesquisa em sebos empoeirados de Tel Aviv.

Soulico – Archeology Mixtape

1. Blastoff-Svika Pick
2. Dimona (spiritual capitol)-Soul Messengers
3. All Night Long-Camel Disco
4. Carry on Jerry-Dory Ben Ze’ev
5. I’m Nina’alo-Albert Piemente
6. DJ Dori- The Platina
7. Ya Shabab-Do you wanna buy a camel?
8. Mystic Magic Love Song-Sherry
9. Ya Habibi-Shlomo Haviv
10.Ya Salaam – Abu Hafla Orchestra
11.Left Right-Disco Made In Israel
12.Soyle Beni -Grazia
13.Hagigat Holedet-Eitan Masouri
14.Disco Queen-Sherry
15.Hasidic Medely-Hasidisco Fever
16.Hoshienu Adonenu-The Soul Messengers
17.Roots Charlie Roots-Jecky Bar-on
18.Reggae Hodi-Kobi Recht
19.Ad Matai-Dont Call Me Black OST
20.Foul Shawarma-Albert Piemente
21.Al Tishkah-Gali Atari
22.Illusions-Izhar Cohen
23.DrorIkra-Igal Bashan
24.Neimat Haoud-Tzliley Haoud
25.Equilibrium-The Soul Messengers
26.Time To Say Shalom- Uncle Moishe

sabbo

O membro mais famoso do bando atende pelo nome de Sabbo – vira e mexe você o encontra no blog do Mad Decent e em flyers de festas iradas nos EUA. Durante um período em que morou na Jamaica, Sabbo gravou uma série de cantores locais e o resultado está no EP It is the time. Aqui a pegada é menos judaica e mais Jamaica.

Sabbo feat Jah Earth – Babylon a kill dem

Pra encerrar o post, a Cheetah deixa a dica do excelente blog Noiz in Zion, editado pelo Sabbo. Se você está atrás de música israelense urbana, esse é o lugar.

Rapidinhas #4

16 Jul

–Bomba Stereo – Fuego–

Primeiro single do novo disco do Bomba Stereo, com clipe filmado em Barranquilla, Colômbia. Hino na Cheetah.

–Buraka Som Sistema – Blood Diamond Mixtape–

blooddiamond
3000 downloads em 24 horas: essa Blood Diamond vale ouro (hehe)!

Baixe a sua aqui.

Tracklist:

01. Diamonds are Forever Intro
02. Dj Znobia feat Jaime Foxx- Africa
03. Buraka SOm Sistema – Kalemba (wegue wegue) Afrikan Boy remix
04. Os Lambas – Sapo (BSS Edit)
05. Radioclit vs Guns’n’roses – Sweet Secousse of Mine (Bss edit)
06. The Kiss – Black Diamond
07. Tunes for Baby That Won’t Drive You Crazy – Black Diamond
08. Buraka Som Sistema – IC19 (Toy Selecta remix)
09. Buraka Som Sistema – Aqui Para Voces (FAVELA FUNK SAMBA edit)
10. Buraka Som Sistema – Wawaba (James Braun Copyflex remix)
11. Lykke Li – Dance Dance Dance (BSS Remix)
12. Dirty Tricks – Black Diamond
13. Rusko vs Puto Prata – Let’s Go (BSS Edit)
14. Buraka Som Sistema – R.I.A.D.
15. J-WOW feat Aloe Blacc – Off with ya head
16. Buraka Som Sistema – Gang Bang feat Blaya
17. David Zé – O Guerrilheiro
18. Johnny Clarke – Come Back To Me
19. Buraka Som Sistema – Sound of Kuduro (D1 remix)
20. Zomby feat Pongolove – Kuduro Rumours (BSS Edit)
21. Rusko – Cockney Thug (BSS Remix)
22. Paul Simon – Diamonds on the soles of her shoes

–Omega Y su Mambo Violento – Tu no ta pa mi–

Omega é o grande expoente do novo merengue dominicano, chamado de merengue de la calle. A última FADER fez um perfil com o cara, assinado pelo mestre Jace Clayton, o Dj Rupture.

–Sinik ft. Cheb Bilal & Big Ali – Bienvenue chez les bylkas–

Ah… Uma salva de palmas para o hip-hop argelino

–Alta Joya – El Ghetto Tropical Mixtape–

alta joya
Muy buena esta mixtape postada por nuestra hermanita Alta Joya, la patroa del increible Cooliado, uno de los mejores sitios de musica latina y global guettotech abajo del Equador!

1. MeNeo – Margarita
2. Major Lazer – Hold the line ( Alta Joya Remix )
3. Villa Diamante – Arcade vs Spankrock
4. Fauna – Las mil caras ( Un Mono Azul Remix )
5. Horace Andy – Watch Dem ( Sonido del Principe Remix )
6. Alta Joya – Perfect Cumbia ( D.A.R. vs Princess Superstar Mash Up )
7. Uproot Andy Vs. Ol Dirty Bastard – Brooklyn Cumbia
8. Dama do Bling – Hep Hep ( Nasty Girl )
9. Ying Yang Twins ft Pitbull – Shake
10. Alta Joya – Analogik vs Bangers and Cash
11. Douster – Ladinian ( Ruff Mix )
12. Busta Rhymes – Touch it ( Kid Fresh Remix )
13. Daniel Haaksman – Pobum Coco
14. Pitbull – Hotel Room ( ArmoKidd Bmore Remix )
15. LMFAO ft. Lil Jon – Shots

%d bloggers like this: