Tag Archives: reggae

Los Rakas

10 May

Los Rakas é um duo panamenho de hip-hop, reggae, reggaeton e dancehall. Com letras em espanhol e inglês, o Los Rakas, que atualmente reside em Oakland, na California, é perfeito pra latinizar qualquer set careta de hip hop ou dancehall.

Los Rakas – Esa mulata

Los Rakas – Dun dun (Frikstailers remix)

Advertisements

Sargento Garcia

16 Jun

sergent garcia

Diretamente da França,  Sargento Garcia (ou Sergent Garcia, como é conhecido na Europa). Ex-punk rocker, frontman da hoje cult Ludwig Von 88, Bruno Garcia descobriu o reggae em meados dos anos 9o. Rapidamente, começou a incorporar elementos latinos em seu som (cantado em espanhol e algum francês), especialmente a salsa e sua forte percussão cubana. Nascia a salsamuffin.

A comparação com Manu Chao é inevitável. Porém, Garcia é mais explicitamente reggae e latino em sua sonoridade. Ouçam e façam a comparação.

SergentCumbiamuffin2009

A Cheetah coloca pra jogo o mais novo disco de Sargento Garcia, na verdade um EP de 6 músicas gravado com músicos colombianos de alguns dos melhores projetos daquele país, como o Sidestepper (capitaneado pelo inglês Richard Blair, que produziu o EP), Aterciopelados, Systema Solar e Bomba Stereo (todos presenças obrigatórias em qualquer festa latina que se preze!). Cumbiamuffin retrabalha 6 dos mais famosos temas de Sargento Garcia em versões cumbia. Um belíssimo trabalho (pena que muito curto!) que mostra muito bem como reggae e cumbia são primos de primeiro grau. Não são tracks pra pista, mas sim prum belo dia ensolarado, com mojitos e aquele fumacê maroto.

Tracklist

01. Amor pa’ mi
02. Que viene el mani
03. Poetas
04. Tonight in Bogotá
05. Yo me voy pa’ la Cumbia

Depois de baixar Cumbiamuffin, confira a versão original de Amor pa´mi no vídeo abaixo.

Dub Echoes

26 Apr

dubechoes

ORGULHO DA CHEETAH!

PRE-ORDER NOW FOR RELEASE 11 MAY 2009.

‘Dub Echoes’ DVD coming soon on Soul Jazz Records!!!!!! ‘Dub Echoes’ is a newly produced film about Dub, featuring an incredible array of artists, both original Jamaican artists – U Roy, King Jammy, Lee Perry, Sly Dunbar, Bunny Lee (to name a few), alongside a similarly awe-inspiring array of artists who have been taken Dub into new directions in electronic dance music – Kode9, Roots Manuva, Howie B, Adrian Sherwood and many more. Directed by Bruno Natal over a three year period, this is a killer film to be watched over and over again! covering Dub in all its different guises. The DVD comes with loads of extra features, dub mixes and more. Essential!

O documentário já tá com pré-venda na Amazon e tudo!

dub-echoes_amazon-uk

E como se não bastasse o filme, o povo da Soul Jazz Records, nata da nata dos bons sons, ainda preparou um belo disco inspirado no tema central de Dub Echoes: a influência do dub na música contemporânea!

dubechoes_cd

No dia 11 de maio, filme e disco estarão a venda nas principais lojas do ramo! Segue aqui o poster da humilde festinha de lançamento do Dub Echoes, em Londres.

dubechoesparty

Evidentemente, a Cheetah não poderá estar presente. Afinal de contas, 10 de maio é dia da segunda festa no 69. Mas nosso 4º elemento Bruno Natal, o diretor de Dub Echoes, estará na festiva e vai contar aqui pra Cheetah como os ecos reverberaram.

Dubbing is a must!

Major Lazer

24 Apr

majorlazer

E o tal do Major Lazer, hein? No mundo dos guettotech blogs, só se fala nisso. Até porque, um projeto que une Diplo, Switch e milhões de participações a la N.A.S.A. pra fazer um disco de dancehall futurista, realmente é uma notícia e tanto. Porém, a Cheetah espera (e muito) que as próximas músicas a orbitar pela web sejam melhores que o primeiro single, “Hold the line”. Ainda mais com um release insano e alucinante como esse abaixo. Release (e arte!) que lembra a Cheetah dos discos lançados pela Greensleeves no início dos anos 80, em especial os do Scientist.

Major Lazer na teoria:

Major Lazer is a Jamaican commando who lost his arm in the secret Zombie War of 1984. The US military rescued him and repurposed experimental lazers as prosthetic limbs. Since then Major Lazer has been a hired renegade soldier for a rogue government operating in secrecy underneath the watch of M5 and the CIA. His cover is that of a dancehall night club owner from Trinidad and he enlisted the help of long-time allies and uber-producers, Diplo and Switch, to produce his first LP. His true mission is to protect the world from the dark forces of evil that live just under the surface of a civilized society. He fights vampires and various monsters, parties hard, and has a rocket powered skateboard.

Major Lazer na prática:

Major Lazer feat. Santigold & Mr Lexxus – Hold the line

Mas nem tudo está perdido nesse início: os remixes para “Hold the line” pipocam frenéticamente na web. Esse dubstep aqui bem que chamou a atenção! Wow!

Major Lazer – Hold the line (Danny Scrilla Dubstep remix)

E fiquem de olho que daqui a pouco deve aparecer mais coisa do Major Lazer. A Cheetah, com seus olhos de (?!!) lince, tá com o radar ligado!

Major Lazer – Guns don’t kill people, lazers do
(lançamento 16/06)

1. Hold The Line feat. Mr. Lex & Santigold
2. When You Hear The Bassline feat. Ms. Thing
3. Can’t Stop Now feat. Mr. Vegas & Jovi Rockwell
4. Lazer Theme feat. Future Trouble
5. Anything Goes feat. Turbulence
6. Cash Flow feat. Jah Dan
7. Mary Jane feat. Mr. Evil & Mapei
8. Bruk Out feat. T.O.K. & Ms. Thing
9. What U Like feat. Amanda Blank & Einstein
10. Keep It Goin’ Louder feat. Nina Sky & Ricky Blaze
11. Pon De Floor feat. VYBZ Kartel (Additional Production By Afro Jack)
12. Baby feat. Prince Zimboo
13. Jump Up feat. Leftside & Supahype (Co-Produced By Crookers)

Tomer Yosef

8 Apr

Quando se fala em balkan beats, ou seja, na música moderna dos Balcãs, três nomes vem a tona rapidamente: Gogol Bordello, DJ Shantel e Balkan Beat Box. É deste último (e único sem passagem pelo Brasa), o vocalista israelense Tomer Yosef, que, em 2006, lançou o interessante trabalho solo “Laughing underground”. Aqui, apesar da clássica sonoridade do leste europeu estar presente, a pegada do trabalho solo de Tomer é bem mais puxada pro reggae, na verdade, um gênero que se mistura muito bem a esse estilo.

Da mesma maneira que tem gente tocando música africana nos lugares mais insólitos, com o balkan é a mesma coisa. Vire e mexe surge algo exótico por aí. Outro dia mesmo, a Cheetah tava ouvindo um grupo sueco especializado no gênero. Bom, vamos nessa com duas do Tomer Yosef e uma do Balkan Beat Box, um remix fresquinho, bem mais eletrônico que de costume, que acabou de sair.

Tomer Yosef – Small man

Tomer Yosef – Underground

Balkan Beat Box – Digital Monkey (Soulico rmx)

%d bloggers like this: