Tag Archives: salsa

Ska Cubano

18 Jul

Ska Cubano

Formado na (!) Ingleterra por um (!!) ex-banqueiro, o Ska Cubano é a melhor coisa que surgiu no ska inglês desde o movimento two-tone. Grande parte do sucesso dessa big band (formada em sua maioria por cubanos radicados na Inglaterra) está na mistura do ska jamaicano com mambo e outros ritmos latinos, com a salsa e a cumbia.

Ska Cubano – Big Bamboo @ Koko 2008 (London)


Olha só quem filmou esse vídeo! O símio-raposa Bruno Natal!

!Ay Caramba!, de 2005, botou o Ska Cubano no circuito dos festivais europeus de verão. Fato que se repete a cada ano. Veja só o mypace d0s caras e comprove. E de lá que a Cheetah tirou as pepitas abaixo.

Ska Cubano – Oye Compay Juan

Ska Cubano – Soy Campesino

Já que a Cheetah falou no Bruno, leia o que ele escreveu na época do show.

“Cuba e Jamaica, ambas mundialmente conhecidas por sua música, são tão próximas fisicamente, que é até estranho que seus caminhos sonoros não tenham se cruzado muitas vezes.

O auto-explicativo Ska Cubano é uma dessas misturas. O contra-baixo acústico, os timbales da percussão e as letras em espanhol são mescladas a batida sincopada do ska como se nunca tivesse sido diferente.

Em disco a mistura soa mais tradicional e respeitosa, talvez a timbragem cubana com mais destaque do que a estrutura jamaicana. No show, é o contrário, uma pulação alucinada.”

Advertisements

Nova Lima

7 Jul

Não se assuste com o rótulo de “Gotan Project peruano”, algo que certamente você, leitor, irá se deparar algum dia (o Nova Lima está todo bookado na Europa e Estados Unidos e deve gerar boas críticas por lá).

E ok… É verdade que a banda (afiadíssima) também adapta ritmos folclóricos do seu país, no caso o Peru, à eletrônica de baixos teores. Mas a Cheetah considera reducionismo fazer comparações desse tipo. Portanto, ouça o Nova Lima e tire suas próprias conclusões!

Aqui está um set com cerca de 30 minutos que mostra muito bem a pegada da banda. O set list e os comentários abaixo são dos próprios membros (via La Congona).

1.- “La danza de los Mirlos (novalima remix)” *unreleased. Los Mirlos traditional 70’s cumbia reversion by Bareto, cumbia revival band from lima, remixed by novalima)
2.- “Macaco (novalima remix)” *unreleased – Batata y su Son Palenquero , one of the greatest afro colombian artists, our friend Lucas Silva “Champeta Man” gave us the tracks of this great trad song to remix)
3.- “El abuelo (novalima remix) – Bareto” *unreleased. Made popular by Juaneco y su Combo in the 70’s, another cumbia reversion by Bareto remixed by novalima
4.- “Tumbala” (da lata remix) this is a great afrobeat-brazilian remix by chris frank whom we’ve known since the “afro” sessions in london back in 2004, with additional vocals by da lata’s nina miranda. This track digs out cotito’s “lost verse” from tumbala which somehow didnt make it into the original version in the album
5.- “el niche” sabor y control. Our favorite peruvian salsa dura band, led by bruno majer (who sings mujer ajena in coba coba) and constantino, novalima’s timbales player
6.- “bandolero (kv5 remix)” great remix in a jamaican stylee by marc lee from london based kv5. Previously unreleased
7.- bomba (coba soundsystem) this track was the last track we finished before releasing coba coba, coba soundsystem is a.k.a. novalima dj’s rpp,rm,gs. Bomba plena an electro latin dancefloor groove
8.- “tumbala (oreja remix)” seiji’s house rework for tumbala

Coba Coba, disco mais recente do Nova Lima, ganhou uma versão remixada. Muitas escorregam pro perigoso terreno da músiquinha-eletrôniquinha-gostosinha-housesinha, se é que você entende. Ouça/ baixe o disco inteiro aqui.

Sargento Garcia

16 Jun

sergent garcia

Diretamente da França,  Sargento Garcia (ou Sergent Garcia, como é conhecido na Europa). Ex-punk rocker, frontman da hoje cult Ludwig Von 88, Bruno Garcia descobriu o reggae em meados dos anos 9o. Rapidamente, começou a incorporar elementos latinos em seu som (cantado em espanhol e algum francês), especialmente a salsa e sua forte percussão cubana. Nascia a salsamuffin.

A comparação com Manu Chao é inevitável. Porém, Garcia é mais explicitamente reggae e latino em sua sonoridade. Ouçam e façam a comparação.

SergentCumbiamuffin2009

A Cheetah coloca pra jogo o mais novo disco de Sargento Garcia, na verdade um EP de 6 músicas gravado com músicos colombianos de alguns dos melhores projetos daquele país, como o Sidestepper (capitaneado pelo inglês Richard Blair, que produziu o EP), Aterciopelados, Systema Solar e Bomba Stereo (todos presenças obrigatórias em qualquer festa latina que se preze!). Cumbiamuffin retrabalha 6 dos mais famosos temas de Sargento Garcia em versões cumbia. Um belíssimo trabalho (pena que muito curto!) que mostra muito bem como reggae e cumbia são primos de primeiro grau. Não são tracks pra pista, mas sim prum belo dia ensolarado, com mojitos e aquele fumacê maroto.

Tracklist

01. Amor pa’ mi
02. Que viene el mani
03. Poetas
04. Tonight in Bogotá
05. Yo me voy pa’ la Cumbia

Depois de baixar Cumbiamuffin, confira a versão original de Amor pa´mi no vídeo abaixo.

Ozomatli

1 Apr

ozo

Junto com o Los Fabulosos Cadillacs e o Molotov, acho que a Cheetah teve seu primeiro contato com a música latina através do Ozomatli. Ainda que de L.A. (o que não quer dizer nada, chicanos rulez em toda a Cali), o Ozomatli foi durante muito tempo um super grupo de 10 pessoas que fazia música latina contemporânea (salsa, merengue, cumbia, reggae, rock, hip-hop) de primeiríssima qualidade. Com o passar do tempo, bombaram muito e perderam o brilho (ainda que a fama de bons de palco tenha permanecido). Mesmo assim, uma banda cujo nome significa “macaco” num dialeto azteca, sempre vai figurar entre as favoritas da macaca. Seu primeiro disco, homônimo, de 98, é uma obra prima. Só música boa do começo ao fim.

A Cheetah coloca pra jogo duas músicas dessa fase. A primeira delas, “Cumbia de los muertos”, teve alta rotação na primeira fase da festa; uma cumbia dub de fazer os mortos abrirem aquele sorriso. Além de “¿Donde se fueron?”, dessa mesma época, a Cheetah solta “La gallina”, uma dinamite que não deixa ninguém parado.

Ozomatli – Cumbia de los muertos

Ozomatli – ¿Donde se fuerón?

Ozomatli – La gallina


%d bloggers like this: