Tag Archives: villa diamante

Avalanche Tropical no Rio

24 Jul


Sábado que vem tem festão na cidade com nossos irmãos da Avalanche.

Serviço:

Avalanche Tropical (Rio de Janeiro)
dia 30/07 – Sábado @ Espaço Acústica – Praça Tiradentes, às 23h
Produção: Projeto Seis

Line up:

Bien Warrior (Villa Diamante + Miss Bolivia) / Bonde do Rolê (DJ set) / Dago / Holger (DJ set)

R$20 antecipado
R$30 com nome na lista (em lista@projetoseis.com)
R$50 sem nome na lista

Para maiores informações, siga-nos no twitter: @projetoseis

Bonde do Rolê
http://www.avalanchetropical.com/bondedorole

Em 2005, Rodrigo Gorky e Pedro D’eyrot resolveram unir diversão e a vontade de produzir música e formaram o Bonde do Rolê. A banda logo começou a fazer sucesso na internet, atraindo a atenção de muita gente, principalmente fora do país. Depois de turnês e muitos shows pela Europa, Estados Unidos e até Japão, o Bonde retornou ao Brasil, onde excursionou durante 2009 e 2010, e, atualmente, está trabalhando no próximo álbum.

Dago

Dago começou a tocar como parte do Centro Cultural Batidão nas hoje lendárias festas na Generics. Depois, foi residente das festas Peligro (Milo Garage) e Brasa (Berlim). No final de 2008, juntou-se a outros parceiros para abrir o Neu Club, onde é residente da festa Explode, que acontece todas as sextas. Já tocou nos principais clubes de São Paulo e em diversas capitais do Brasil, além de ter se apresentado no Canadá, Chile e Argentina.

Holger
http://www.avalanchetropical.com/holger

Poucas bandas independentes brasileiras têm chamado tanta atenção quanto o Holger. Depois de fazer sucesso com Green Valley, um EP calcado no indie clássico, de shows por todo o país, junto de bandas como Dirty Projectors e Super Furry Animals, e festivais como o South by Southwest (EUA) e Pop Montreal (Canadá), a banda voltou aos estúdios em 2010 e de lá saiu com Sunga, o primeiro álbum do quinteto. O disco incorpora uma série de novos elementos ao som da banda: sintetizadores, percussão e muita ginga. E os shows estão mais insanos que nunca.

Bien Warrior

Miss Bolivia: http://soundcloud.com/miss-bolivia

Bien Warrior é o nome da união de dois ferinhas da nova música argentina para apresentações ao vivo. De um lado, Villa Diamante, um dos fundadores da ZZK, produtor e rei dos mashups cumbieros que já passou pelo Brasil algumas vezes e sempre quebrou tudo. Do outro, Miss Bolivia, Mc revelação da cena dancehall-cumbia do país. A dupla vem ao país pela primeira vez no final de julho e fica até o começo de agosto para apresentações nas festas da Avalanche Tropical.

 

Villa Diamante – Cumbiastyle

27 Jun


Villa Diamante – Cumbiastyle Incompleto Demo1

DJ Not I – Skream vs (Villa Diamante Cumbiastyle)
Intoxicados – Comandante (Villa Diamante Cumbiastyle)
Bomba Estereo – La Boquilla (Villa Diamante Cumbiastyle)
The Knife – You Make Me Like Charity (Villa Diamante Cumbiastyle)
Aardvaerck – Untitled (a1) (Villa Diamante Cumbiastyle)

Muito interessante esse projeto de mixtape interativa idealizado pelo Villa Diamante, mestre dos mashups com cumbia e um dos fundadores do coletivo argentino Zizek.

Cumbiastyle é como se fosse um one riddim album jamaicano, aonde a mesma base serve de fundo para várias interpretações, no caso mashups de diferentes estilos. A tal base vem do remix que o Chancha Via Circuito fez para La misma moneda, da Princesa. Segundo Villa, esse loop é fundamental para a nova cena de cumbia digital. E daí essa espécie de homenagem, onde Villa pede que artistas, mashuperos, cantores e cumbiamberos contribuam com suas versões.

Para participar é simples, mande sua versão para villadiamante@gmail.com ou então deixe uma mensagem no Soundcloud do Villa e faça com que a mixtape Cumbiastyle ganhe vida. A edição e mixagem fica, é claro, ao critério do Villa, que aliás, toca 06 de julho na Casa da Matriz.

Bônus:

Esse bônus não faria sentido sem a La misma moneda original, quer dizer, o remix do Chancha.

Princesa – La misma moneda (Chancha Via Circuito remix)

Villa Diamante na Dancing Cheetah_06 de julho

19 Jun

O argentino Diego Bulacio, o Villa Diamante, é o rei dos mashups de cumbia com pop, rock e eletrônica. Um dos fundadores (ao lado de Nim e El G) do Zizek, coletivo mais importante da nova música latino-americana, Villa representa com seus mashups a palavra mais cara da música do século 21: mistura.

Depois de receber El Remolón e os Frikstailers, dois dos mais talentosos membros do cast zizekiano, é com muito muito orgulho que a Dancing Cheetah anuncia a presença de Villa Diamante em uma de nossas festas – no caso, dia 06 de julho, na Casa da Matriz (data que também vai contar com a Makula). Se a Dancing Cheetah existe, muito da culpa é desses fabulosos produtores argentinos, mestres na arte de juntar passado, presente e futuro em sua música eletrônica periférica.


—Dancing Cheetah entrevista Villa Diamante


DC: Como é uma festa do ZZK?

VD: Muito divertida! O que sempre acontece no Zizek é que nunca se sabe muito bem o que vai acontecer! Somos várias pessoas que se juntam para dançar e curtir a música. Por amor ao baile!

DC: Como você vê o ZZK hoje, depois de 3 anos da fundação do coletivo?

VD: Acredito que os artistas e público amadureceram. Continuamos com a meta de experimentar com a música de festa e seguimos adiante sem repetir fórmulas. Estamos sempre tentando surpreender o público e a nós mesmos, artistas do selo.

DC: Quais são os próximos projetos do ZZK?

Muitos! Os novos discos do Chancha Via Circuito e do Tremor são excelentes, um passo a frente de tudo o que já fizeram. Os EPs do El Remolón e dos Frikstailers também são muito emocionantes. Neste momento, Fauna, El Remolón e El G estão em turnê pela Europa, e durante julho e agosto estarão, junto com Tremor e Chancha, nos EUA, Canadá e México. Bom, e eu estarei de volta ao Brasil, o que me deixa muito feliz! E finalmente, estamos tentando criar a ZZK TV com a ajuda dos fãs através do Kicksterters.

DC: Falando em Brasil, como foram as suas passagens pelo país?

VD: Ótimas! A primeira vez que toquei no Brasil foi há muitos anos atrás com o pessoal do Capacete, no Rio de Janeiro, em uma festa no ateliê do Ernesto Neto.  A segunda vez foi em São Paulo na Cha Cha Cha junto com o Fauna, foi uma ótima experiência com todo mundo dançando.

DC: A cumbia é um fenômeno mundial? (Vc acha que ela conseguiu romper as fronteiras latino-americanas? Até aonde a cumbia pode chegar?)

Sem dúvida que a cumbia é um fenômeno mundial, e isso tem a ver com um monte de fatores sociais, culturais e artísticos. Acho que é um assunto profundo, mas acho que tem a ver com uma fusão entre as novas tecnologias, o mp3, o software livre, as redes sociais e a internet somado a sensualidade e a diversão da cumbia e suas diferentes variantes ao redor da América Latina, já que a cumbia de Buenos Aires não é a mesma que de Cartagena e nem a da Cidade do México. Acredito que a qualidade artística e musical dos novos artistas de cumbia está a altura de qualquer produtor de minimal techno alemão, de dubstep inglês ou de pop americano.

DC: Vc é muito conhecido pelos mashups de cumbia com pop. Pretente um dia produzir conteúdo próprio?

VD: Sim, claro! Estou trabalhado com El Remolón e Chancha Vía Circuito em algumas faixas, mas a realidade é que o mashup me dá liberdade e diversão para brincar com a música e criar coisas novas. Acho que para produzir mais e melhor eu deveria deixar de me dedicar tanto ao ZZK Records, mas por enquanto sigo em frente com meus sócios DJ Nim e Grant no Zizek, trabalhando muito para seguir com o selo, a festa e os artistas. Mas terei meu tempo para produzir, assim espero!

DC: Qual o seu top 5 atual?

VD: Fazer um top 5 sem citar qualquer dos artistas do ZZK Records é muito difícil pra mim. Além de trabalharmos juntos e de sermos amigos, sou fã de todos eles. Relmente recomendo que vocês escutem Tremor, Frikstailers, Fauna, Chancha Vía Circuito, El Remolón, King Coya, Lagartijeando e Douster. Fora do Zizek, venho escutando ultimamente Ramadanman, Meneo, Uproot Andy, Bomba Estereo e Roska.

VILLA DIAMANTE – EMPACHO DIGITAL

01-Intoxicados – Comandante (Villa Diamante cumbiastyle)
02-Villa Diamante – Calle 13 vs M.I.A.
03-Villa Diamante – Chancha Vía Circuito vs Nelly
04-Villa Diamante – Arcade vs Spankrock
05-Villa Diamante – Marcelo Fabian vs Homebwoi
06-Villa Diamante – Spektre vs Nelly Furtado & Calle 13
07-Villa Diamante – Surtek Collective vs Modeselector
08-Villa Diamante – Frikstailers vs Calle 13
09-Villa Diamante – Fauna vs Tego Calderón
10-Villa Diamante – Peter Rap vs Ludacris
11-Villa Diamante – Marcelo Fabian vs Dante
12-Villa Diamante – Chancha Vía Circuito vs Lil Mama
13-Villa Diamante – El Remolón vs Chingo Bling
14-Villa Diamante – Marcelo Fabian vs Tego Calderón
15-Villa Diamante – Oro11 vs Kelis
16-Villa Diamante – El Trip Selector vs Voltio y Tego
17-Villa Diamante – Emisor (cumbia style)
18-Villa Diamante – Tremor vs Arianna Puello
19-Villa Diamante – Emisor vs Dead Prez
20-Babasonicos – Farsa (Villa Diamante Edit)

VILLA DIAMANTE – DUBSTEPERISMO
(THE DALEDURO INFLUENCE)

01-Villa Diamante – Tonolec vs Kromestar
02-Villa Diamante – Doña María vs Ital Tek
03-Villa Diamante – Intoxicados vs Kromestar
04-Villa Diamante – Daleduro vs Calle 13
05-Villa Diamante – Benga & De La Guetto feat Randy
06-Villa Diamante – Skream vs Gallego
07-Villa Diamante – Scuba vs Alexis & Fido
08-Villa Diamante – Eloy vs Mbz
09-Villa Diamante – Ital Tek vs Jomar
10-Villa Diamante – Daleduro vs Jahcoozi
11-Villa Diamante – Juana Molina vs Benga
12-Villa Diamante – Lykke Li vs Martyn
13-Villa Diamante – Daleduro vs Lady Tigra

VILLA DIAMANTE – ROCK AR

01-Villa Diamante – Victoria Mil vs Clipse
02-Villa Diamante – Charly Garcia vs Busta Rhymes
03-Villa Diamante – Los Encargados vs Big Boi
04-Villa Diamante – Abuelos de la Nada vs Old Dirty Bastard
05-Villa Diamante – Plastilina Mosh vs Mike Jones
06-Villa Diamante – Babasonicos vs Crime Mobb
07-Villa Diamante – Antonio Birabent vs Fergie
08-Villa Diamante – Adrian Cayetano Paoletti vs Jurassic 5
09-Villa Diamante – Sumo vs Clipse

Até a data de estreia, fique ligado neste espaço pois vamos postar entrevistas com todos os convidados (Makula, João Brasil, Matias Maxx, Baptist, Ajax, Nego Moçambique, Lucas Santtana e El Rocker).

Wolfram Lange

19 May


A pedido da Cheetah, nosso amigo Wolfram Lange, o Wolf, fez uma seleção de sons que não podem faltar em seus sets. Wolf, você sabe, toca junto com a Dancing Cheetah na Clap! de amanhã, 20 de maio. Os comentários em baixo de cada vídeo são assinados pelo próprio Wolf


meu hit Nº1 e um clássico do tropical bass


essa cumbia digital de um dos protagonistas do selo ZZK, de Buenos Aires, me fez ficar alucinado pelo estilo


uma das bandas mais clássicas de cumbia villera


um miniset de tribal guarachero/ technocumbia do cara mais bombado de Monterrey. E isso com apenas 17 anos!


mistura excelente entre reggaeton e merengue, de Porto Rico


um eletro melody/ tecnobrega bem na onda do Maderito & Joe, os caras mais inovadores do Pará hoje em dia


um conscious funana do cabo verdiano Izé


a maior estrela musical de Moçambique com uma música no estilo marrabenta


dois veteranos do kuduro juntando forças


funk carioca não pode faltar! E esse mashup com batucada é muito legal!

Se você curtiu os vídeos acima, não perca o set do alemão Wolf na Cheetah/ Clap! desta quinta. E fique sempre ligado no que ele posta em seu blog, o SoundGoods. Vira e mexe, o Wolf grava umas mixtapes temáticas muito boas. Tem de cumbia villera, de funk carioca, de tribal guarachero, de kuduro

Fauna e Villa Diamante em São Paulo!

9 Jun

Sim, é isso aí! Depois da passagem de El Remólon pela Cheetah (RJ) e Baixaria (SP) no mês passado, o crew mais bem armado para a invação latina ao resto do mundo, o ZZK, volta ao Brasil para uma gig de peso. No dia 16 de junho, a festa de música latina Cha Cha Cha irá comemorar seus dois anos de vida com um festão no Vegas, em São Paulo, com nada mais nada menos que Fauna e Villa Diamante, um dos fundadores do coletivo. A Cheetah, infelizmente de férias em junho, não pode trazer os dois para o Rio. Mas não há nada que faça a macaca perder essa noite cumbiambera!

Fauna


fauna

De todo o povo do ZZK, talvez o Fauna, de Mendoza, Argentina, seja aquele com mais chances de crossover internacional. Se metade do seu apelo está nos vocais meio hip hop dos Mcs Catar_sys e Color Kit (que também são produtores ), a outra está nos beats: alguns dos mais furiosos, energéticos e explosivos de toda a América Latina. O curioso é que mesmo com o sub grave láaaa embaixo as muitas batidas quebradas sobrepostas ao tradicional ritmo da cumbia, o Fauna ainda consegue ter um quê pop. Vão longe.

Fauna – Canibal

Fauna – El zombie

Villa Diamante


villadiamante

Diego Bulacio, o Villa Diamante, é o rei dos mashups de cumbia com o pop e eletrônica internacional. Um dos fundadores do coletivo ZZK (ao lado de Nim e El G), Villa representa com seus mashups a palavra mais cara da música do século 21: mistura.

Villa Diamante – Dizzee Rascal Vs. Surtek Collective

Villa Diamante – El Remolón Vs. Beyonce & Jay Z


%d bloggers like this: